6 - A Umbanda possui sete linhas?

Esta questão das "sete linhas" na Umbanda é algo que o meio umbandista absorveu e adaptou principalmente da cultura judaico-cristã, e de algumas tradições esotéricas, que apontam o número sete como um  número especial, perfeito ou sagrado. Contudo, lembramos que no caso do Budismo o número sagrado é o oito. Ou seja, "números sagrados" são interpretações humanas sobre a Espiritualidade ou Mundo Espiritual. Tendo-se isto em mente, sob uma visão universalista, entendemos que não há necessidade de classificar ou ordenar a Espiritualidade da Umbanda em sete linhas, pois isto não é um fator fundamental para o crescimento espiritual de cada adepto. Mais importante é o autoconhecimento proporcionado pelo Umbandismo, através das suas práticas rotineiras e pelo contato direto com as entidades, que se manifestam dentro de cada campo vibratório (orixá) nos terreiros. Mais vale a assimilação das qualidades dessas correntes vibratórias (orixás) e da sabedoria das entidades, do que tentar ordenar os numerosos e diversificados orixás em apenas "sete linhas".


 Clique aqui e deixe um comentário!


LIVRO DE VISITAS



VOLTAR PARA A PÁGINA ANTERIOR