METÁFORA 3 - CORREDORES ESTREITOS

Autor: Pablo de Salamanca

14 de março de 2009

Às vezes, os caminhos da vida se transformam em corredores estreitos. Nestes momentos, quando o indivíduo se debate muito, acaba se machucando. Pensa que tudo, daquele instante em diante, será limitado. Sente-se numa prisão. No entanto, se observar melhor o que há nas paredes do corredor estreito, entenderá que a vida lhe manda uma mensagem. Tudo conspira para que preste atenção a determinadas questões. Se estivesse em campo aberto, ou trilhando largas estradas, não perceberia pontos importantes a compreender e transformar. Estaria distraído com a amplidão da paisagem. Portanto, o corredor estreito é necessário para focar algo que precisa ser melhorado. A princípio, é desagradável. Mas se ao invés de rejeitar a situação, aceitá-la buscando compreensão, logo o corredor ficará para trás. Surgirá uma sala espaçosa ou um caminho mais fácil de percorrer. Quanto mais se rejeitam os corredores estreitos, mais eles se alongam, não raras vezes, ocupando boa parte da trajetória de uma vida.


Obs.: metáfora retirada da obra "Percepções", disponível gratuitamente através de download, aqui neste site.

Clique aqui e deixe um comentário!


LIVRO DE VISITAS



VOLTAR PARA A PÁGINA ANTERIOR